ClimaDestaques

Muito calor e pouca chuva: como será o verão de 2022 no RS

Participe do Canal do Força do Vale no WhatsApp

O verão, que começou às 12h59 na terça-feira (21), deve ser de muito calor e pouca chuva no RS, segundo o Climatempo.

A estação será marcada pelo fenômeno La Niña, que causa resfriamento da porção equatorial central e Leste do Oceano Pacífico. Com isso, as chuvas diminuem no eixo centro-sul, e aumentam em direção ao norte do país.

O resultado no RS será um período de pouca chuva e temperaturas muito acima da média, especialmente no Norte, Noroeste e no Oeste. A estiagem pode se prolongar.

No interior, as temperaturas facilmente chegarão aos 40º C. A Climatempo alerta para a possibilidade de a umidade relativa do ar ficar baixa, o que pode ocasionar problemas respiratórios.

Em janeiro, somente no Norte gaúcho deve ocorrer chuvas levemente acima da média. No restante do estado, será um mês de poucas precipitação.

E nos meses seguintes, fevereiro e março, a chuva escassa volta a predominar em todo o estado.

Risco para as safras

A safra do milho já está prejudicada devido à falta de chuva. Caso chova mais em janeiro, as lavouras plantadas tardiamente podem se salvar, diz o Climatempo.

A falta de umidade atrasa o plantio da soja. Em fevereiro, quando ocorre a florada (fase reprodutiva da soja), não há previsão de chuvas. E para a uva e o arroz, a atenção fica para o calor excessivo, já que o tempo sem chuva não prejudica essas plantações.

Fonte
Climatempo
Agro Dália

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fale conosco!