Geral

Petrobras recuperou mais de R$ 6 bi a partir da Lava Jato

Recursos foram obtidos por meio de acordos de leniência, repatriações e delações premiadas

Participe do Canal do Força do Vale no WhatsApp

A Petrobras informou ontem, terça-feira 28, que chegará ao fim de 2021 com cerca de R$ 6,17 bilhões acumulados em recursos recuperados por meio de acordos de leniência, repatriações e delações premiadas. Apenas neste ano, mais de R$ 1,2 bilhão foram recuperados pela petrolífera.

A devolução mais recente se refere ao acordo de colaboração premiada celebrado pelo Ministério Público Federal do Rio de Janeiro (MPF-RJ) com executivos da Carioca Engenharia. “Os ressarcimentos decorrem da condição de vítima da Petrobras nos crimes investigados no âmbito da Operação Lava Jato”, salientou a empresa, em comunicado. A petrolífera reafirmou ainda o compromisso de “adotar as medidas cabíveis, em busca do adequado ressarcimento dos prejuízos decorrentes que lhe foram causados”.

A Petrobras atua como coautora do Ministério Público Federal (MPF) e da União em 31 ações de improbidade administrativa em andamento. Além disso, é assistente de acusação em 85 ações penais relacionadas a atos ilícitos investigados na Lava Jato.

Lava Jato e Petrobras

Em artigo publicado na Edição 46 da Revista OesteSilvio Navarro escreve sobre a maior operação anticorrupção da história. “Passados sete anos desde que uma carga de drogas disfarçada em vidros de palmito levou a Polícia Federal até o doleiro Alberto Youssef, foram 79 fases, que culminaram num cerco implacável a ex-presidentes, políticos de diversas estirpes e alguns dos maiores empresários do país — quem não se lembra das prisões de Lula, Dirceu, Marcelo Odebrecht, Cunha ou Palocci?”, escreve o colunista.

Agro Dália

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fale conosco!