DestaquesPolícia

Mulher tem mandado de prisão expedido após vídeo revelar tentativa de homicídio contra própria filha

Participe do Canal do Força do Vale no WhatsApp

Acidente

Uma mulher ficou presa nas ferragens em um grave acidente de trânsito envolvendo três veículos na tarde desta segunda-feira, na BR-386, em Lajeado, na altura do km 344 da rodovia.

O Corpo de Bombeiros precisou fazer o uso do desencarcerador para retirar a vítima, de 34 anos, do interior do veículo. Ela foi socorrida inconsciente e encaminhada, pelo Samu, para atendimento hospitalar, com ferimentos graves.

Antes das equipes socorristas chegarem, populares retiraram uma criança de dois anos do carro. Ela teve ferimentos leves e já está com um familiar.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) investiga as causas do acidente. No final da noite desta segunda, começou a circular na internet um vídeo gravado pela mãe para enviar ao pai da criança. A mulher dialoga com a criança de dois anos sobre o que elas estariam indo fazer.

Diálogo

Durante o diálogo, a mãe questiona a filha: “Onde nós vamos? Vamos nos matar?”. A criança, cabisbaixa, concorda com a mãe, que segue pedindo para a filha dizer tchau para seu pai, salientando que seria a última vez que ele a veria. A criança responde que não quer, e insiste negativamente várias vezes durante o vídeo. A mãe para a gravação quando pergunta pela última vez: “então, vamos lá se matar?”. A criança, sem entender e chorando, responde que sim.

Estado grave

A mulher de 34 anos ferida gravemente no acidente ocorrido na tarde desta segunda-feira, 17, na BR-386, em Lajeado, teve a prisão preventiva decretada.

“Este mandado refere-se a tentativa de homicídio da filha, uma criança de apenas dois anos que estava junto no veículo”, explica a delegada regional de polícia, da 19ª Delegacia de Polícia Regional de Lajeado, Shana Luft Hartz.


Condutor do caminhão depõe

Em depoimento à polícia, o condutor do caminhão disse que o veículo teria mudado o sentido do tráfego para colidir de frente com o caminhão.

“Claro que podem ocorrer problemas mecânicos e ela ter perdido o controle do automóvel, a gente não tem esta informação”, complementa a delegada.

“Tudo indica que o vídeo é autêntico”

Sobre o vídeo que circula nas redes sociais, a delegada afirma que a mulher e a menina que aparecem no vídeo são as mesmas pessoas envolvidas no acidente.

A delegada diz que existem dois vídeos, um que está circulando nas redes sociais (e alguns trechos foram transcritos nesta reportagem) e outro que supostamente seria da condutora, andando pela rodovia e logo após as imagens do acidente.

“Tudo indica que o vídeo é autêntico, sim”, conclui.

A mulher foi transferida ainda na noite desta segunda-feira do Hospital Bruno Born (HBB) de Lajeado para o Hospital de Pronto-Socorro de Canoas (HPS), por conta do estado crítico de saúde. A menina de apenas dois anos sofreu apenas ferimentos leves. Os dois motoristas envolvidos – do caminhão e da Tucson – não se feriram. A polícia aguarda agora a recuperação da condutora para dar sequência às investigações.

O vídeo não será divulgado para preservar a imagem da menina, conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente.

Agro Dália

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fale conosco!