DestaquesPolítica

Arvorezinha: Projeto que define se carro da Câmara vai a leilão será votado hoje

"Esse veículo avaliado em R$ 86 mil está há 96 dias parado, causando custos para o município. Com o dinheiro arrecado no leilão, é possível adquirir dois carros populares para atender outras pastas"

Participe do Canal do Força do Vale no WhatsApp

O presidente da Câmara de Vereadores de Arvorezinha, Clóvis Provensi Roman (PSDB), encaminhou um ofício para o Poder Executivo sugerindo que o veículo do Legislativo, um Jetta 2017 fosse colocado a leilão. O projeto já deu entrada na Casa, e hoje (16) poderá ser votado pelos vereadores.

Segundo o presidente da Câmara, além do veículo, há outros bens que também irão a leilão, mas um vereador entrou com uma emenda para retirar o veículo do Legislativo do projeto. “Acredito que a emenda não será aceita, porque esse veículo avaliado em R$ 86 mil está há 96 dias parado, causando custos para o município com IPVA, seguro, entre outros. Com o dinheiro arrecado no leilão é possível adquirir dois carros populares para atender as pastas da saúde e de obras, por exemplo, e assim se tornar efetivamente importantes para os munícipes.”, declarou Roman.

Clóvis Provensi Roman, presidente da Câmara de Vereadores de Arvorezinha

“Os vereadores utilizam esse carro para ir a Porto Alegre, ao invés de utilizar esse veículo, vamos propor uma ajuda de custo para o pedágio e gasolina, o que traria economia para os cofres públicos e não teríamos um bem sendo depreciado pela ação do tempo” explicou o líder do Legislativo de Arvorezinha.

O vereador está em seu primeiro mandato e acredita que é preciso ter empatia se colocando no lugar da população. “A Câmara de Encantado não tem veículo próprio, a de Arroio do Meio também não, só nós em Arvorezinha temos. Chega a ser um despropósito, as pessoas passando por dificuldades com a pandemia e nós com um veículo que só gera despesa. É preciso pensar no povo, e se queremos que os políticos de Estado e País mudem precisamos começar fazendo a nossa parte. Os poderes Legislativo e Executivo municipais devem ser modelo de uma boa política, voltada a necessidade da população e não há interesses próprios”.

 

Agro Dália

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fale conosco!