COVID-19DestaquesEducação

CPERS tem cinco dias para contestar suspensão das aulas presenciais para educação infantil no RS

Participe do Canal do Força do Vale no WhatsApp

A classificação de atividade essencial abarca a educação infantil, o ensino fundamental e o apoio pedagógico aos estudantes. A definição ainda prevê a definição de protocolos de atendimento com “o necessário equilíbrio entre a promoção da saúde pública e o desempenho das atividades educacionais”.

Aulas presenciais proibidas

No momento, as aulas presenciais estão proibidas em todo o Estado. O Piratini liberou, no final de fevereiro, a reabertura de instituições de ensino para estudantes da educação infantil e do 1º e 2º anos do ensino fundamental, séries essenciais para a alfabetização das crianças, que apresentava dificuldades em ser realizada de forma online.

Contudo, no primeiro dia de março, a juíza Rada Maria Metzger Kepes Zaman, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, suspendeu a decisão.

Agro Dália

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fale conosco!