COVID-19DestaquesEconomiaSaúde

Recurso é indeferido e Vale do Taquari permanece na Bandeira Vermelha. Cogestão garante funcionamento do comércio e serviços

RS fica com 12 regiões em bandeira vermelha na 16ª rodada do Distanciamento Controlado. Governo confirmou ainda que nove regiões estão no sistema de cogestão, adotando protocolos alternativos.

Participe do Canal do Força do Vale no WhatsApp

Na 16ª semana do modelo de Distanciamento Controlado, o governo do Estado acatou apenas um pedido de reconsideração, mantendo 12 regiões sob bandeira vermelha, com risco epidemiológico alto.

GESTÃO COMPARTILHADA

Dessas, nove aderiram ao sistema de cogestão e adotam protocolos alternativos aos determinados pelo Estado para cada bandeira. É o caso do Vale do Taquari.

Veja como ficam os setores de acordo com o plano de gestão compartilhada apresentado pelos prefeitos da região e aceito pelo Governo do Estado.

COMÉRCIO, SERVIÇOS E ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Conforme o protocolo apresentado pelos municípios do Vale do Taquari e aprovado pelo Estado, Comércio, Serviços e Administração Pública podem adotar integralmente as regras da bandeira laranja, a partir da próxima terça-feira, 25, e ficam liberados para funcionar, mesmo que a região se encontre na Bandeira Vermelha.

ALOJAMENTO E ALIMENTAÇÃO

Em relação ao setor de Alojamento e Alimentação mantém-se integralmente o teto de operação (número máximo permitido de trabalhadores presentes) da bandeira vermelha.

Aos restaurantes a la carte, prato feito e buffet sem autosserviço e lanchonetes e lancherias, terão modo de atendimento, liberando o atendimento presencial restrito das 7h às 23h.

DEMAIS SETORES

Os demais setores observam as regras estabelecidas pelo Governo do Estado.(https://distanciamentocontrolado.rs.gov.br/wp/wp-content/uploads/2020/08/Todos_os_setores-2.pdf)

Protocolo de medidas segmentadas para as quatro bandeiras finais conforme plano apresentado pelos municípios do Vale do Taquari.
Protocolo de medidas segmentadas para as quatro bandeiras finais conforme plano apresentado pelos municípios do Vale do Taquari.

VIGÊNCIA

A divulgação das bandeiras definitivas, vigentes a partir da 0h desta terça-feira, 25, até as 23h59 da próxima segunda-feira, 31, foi feita nesta segunda-feira, 24, pelo governador Eduardo Leite em transmissão pelas redes sociais.

Nove das 21 regiões já estão em sistema de cogestão do Estado com prefeitos e recebemos pedido de mais uma. Não é liberação para se fazer o que quiser. Importante salientar que o engajamento de cada um de nós segue sendo um dos principais antídotos para evitar a expansão das Covid-19.

Observamos episódios recentes de aglomerações e empreendimentos que não estão respeitando os protocolos, sejam do Estado ou os regionais. O governo busca fazer a sua parte para garantir atendimento a todos, ampliando estruturas de saúde no hospitais e municípios, mas precisa contar com a colaboração da sociedade. Para que não sejam necessárias medidas mais restritivas, é fundamental que a população continue ajudando – destacou o governador.

Divulgado na última sexta-feira, 21, o mapa preliminar da 16ª rodada trazia 13 regiões com alto risco epidemiológico.

RECURSO DEFERIDO

Depois de análise dos 10 pedidos de reconsideração enviados por municípios e associações regionais, o Gabinete de Crise acatou apenas o recurso apresentado pela região Covid de Guaíba, resultando em nove bandeiras laranjas (risco médio) e 12 vermelhas.

RECURSOS INDEFERIDOS

Lajeado, Santo Ângelo, Santa Rosa, Santa Cruz do Sul e Passo Fundo tiveram o pedido indeferido e permanecem em bandeira vermelha, juntamente com Capão da Canoa, Taquara, Novo Hamburgo, Canoas, Porto Alegre Pelotas e Palmeira das Missões, que já estavam com essa classificação e não apresentaram pedido de reconsideração. 

RECURSO DA REGIÃO DE LAJEADO

A Região de Lajeado apresentou piora na avaliação de 2 indicadores que abrangem dados específicos da região, sendo que dois deles estão em bandeira preta. Além disso, a Macrorregião dos Vales apresentou piora em seus indicadores, tanto de Velocidade de Propagação como de Capacidade de Atendimento (alto número de internações). Com isto, a média da região passou para dentro dos parâmetros que determinam a bandeira final na cor Vermelha.

Pedido indeferido pelo Gabinete de Crise. Fonte: https://estado.rs.gov.br/upload/arquivos//semana-16-25-a-31-ago-distancimento-controlado-segunda-feira.pdf
Pedido indeferido pelo Gabinete de Crise. Fonte: https://estado.rs.gov.br/upload/arquivos//semana-16-25-a-31-ago-distancimento-controlado-segunda-feira.pdf

CRITÉRIO 0-0

Entretanto, 17 dos 37 Municípios estão passíveis de adotar bandeira a laranja, por se enquadrarem no critério 0-0 (não tiveram registro de hospitalização e óbito por Covid-19 de morador nos 14 dias anteriores ao levantamento).

Muçum, Doutor Ricardo, Relvado, Capitão, Colinas, Coqueiro Baixo, Putinga, Ilópolis, Forquetinha, Canudos do Vale, Westfália, Travesseiro, Progresso, Santa Clara do Sul, São Valentim, Sério e São José do HErval. Eles correspondem a 54.580 habitantes (14,9% da população da região).

• Clique e acesse a lista de municípios que se enquadram na Regra 0-0.

ESTABILIZAÇÃO E REDUÇÃO DOS CASOS

Estamos vendo estabilização e até redução dos casos, mas ainda temos praticamente metade dos casos ativos na Região Metropolitana. Temos 3 mil óbitos, mas há uma heterogeneidade bem significativa entre as regiões. Esses dados estão disponíveis e, ainda mais que temos nove regiões em cogestão, são ferramentas para os próprios gestores olharem, fazerem suas escolhas, a fiscalização e seu controle para mantermos o contágio sob controle e termos condições de ter uma vida mais próxima da normalidade o quanto antes – afirmou a coordenadora do Comitê de Dados, Leany Lemos, durante a transmissão ao vivo.

O mapa definitivo, os protocolos determinados pelo Estado e os planos regionais aprovados podem ser acessados em https://distanciamentocontrolado.rs.gov.br.

Publicidade
Publicidade – Profissionais da Saúde

Agro Dália

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fale conosco!