DestaquesTurismo

Projeto do Cicloturismo é o mais votado na Consulta Popular do Vale do Taquari

Participe do Canal do Força do Vale no WhatsApp

O Vale do Taquari escolheu a proposta do “Cicloturismo” para receber os recursos da Consulta Popular de 2021. A iniciativa recebeu 1.674 votos da comunidade regional no processo realizado neste ano de forma on-line. O resultado foi divulgado na noite desta sexta-feira, dia 17. O projeto vencedor será contemplado no orçamento do Governo do Estado em 2022 com R$ 942.857,00.

A indicação, que já havia sido a mais curtida na primeira fase do processo – em que o projeto com mais apoio foi direto para a cédula de votação -, foi feita pelo presidente da Associação dos Municípios de Turismo da Região dos Vales (Amturvales), Leandro Arenhardt.

O projeto do “Cicloturismo no Vale do Taquari” tem amplitude regional e será executado pela Amturvales. A proposta visa contemplar os municípios, atingindo diversos atrativos turísticos e também empreendimentos. A ideia é que sejam instaladas sinalizações para guiar os ciclistas, informando também por quais localidades e estabelecimentos eles estarão se aproximando, além de pontos de apoio.

A Consulta Popular 2021 encerrou na quarta-feira, dia 15. O período que fecharia no dia 30 de novembro foi prorrogado pelo Governo do Estado devido ao baixo índice de votos da Consulta em todo o Rio Grande do Sul.

O Vale do Taquari somou 2.615 votos válidos no processo deste ano. No Estado foram computados 85.040 votos válidos. Após o encerramento do prazo de votação, os dados dos eleitores (número do título e CPF) passaram por validação antes da divulgação final.

O valor disponibilizado no orçamento do Governo do Estado no próximo ano será de R$ 30 milhões para as 28 regiões dos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes). A verba é distribuída de acordo com critérios como a população de cada região e o Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (Idese).

Agro Dália

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fale conosco!