DestaquesEstiagem

Sobe para 26 o número de municípios do Vale do Taquari em situação de emergência devido à estiagem

Participe do Canal do Força do Vale no WhatsApp

Devido à estiagem, 26 municípios do Vale do Taquari já decretaram situação de emergência em virtude das secas e faltas de chuvas que assolam a região do estado. O problema principal ocorre no interior, onde poços comunitários de distribuição de água nas localidades atualmente se encontram secos, causando prejuízos para os munícipes.

De acordo com o secretário da agricultura de Capitão, Márcio da Costa, o município está fornecendo água potável para os moradores da cidade, utilizando caminhões pipas. “Estamos distribuindo água para consumo de moradores, animais e produtores de gados leiteiros”, afirma. “Vale destacar também que estamos provendo 5 metros de mangueira para os munícipes desencanarem fontes e alternativas de água no interior da cidade”.

Na quinta-feira (13), o número de municípios do estado que emitiram decreto subiu para 209 devido às secas, de acordo com a atualização de dados da Defesa Civil do Estado. Destes, apenas 56 tiveram os prejuízos reconhecidos pelo Governo Federal. Outras 108 cidades já homologaram publicações no Diário Oficial do Estado.

Municípios do Vale que emitiram decreto e perdas estimadas:

 

  • Anta Gorda – R$ 55 milhões
  • Arroio do Meio – R$ 32,4 milhões
  • Bom Retiro do Sul – R$ 15 milhões
  • Boqueirão do Leão – R$ 18 milhões
  • Capitão – 13 milhões
  • Colinas – R$ 10,5 milhões
  • Cruzeiro do Sul – R$ 27,8 milhões
  • Doutor Ricardo – R$ 10 milhões
  • Encantado – R$ 30 milhões
  • Estrela – R$ 27 milhões
  • Forquetinha – Valor não apurado
  • Fazenda Vilanova – R$ 9 milhões
  • Imigrante – R$ 8,6 milhões
  • Marques de Souza – R$ 15,3 milhões
  • Mato Leitão – R$ 15 milhões
  • Muçum – R$ 8 milhões
  • Nova Bréscia – R$ 11,2 milhões
  • Paverama – Valor não apurado
  • Pouso Novo – Valor não apurado
  • Putinga – R$ 41,8 milhões
  • Relvado – Valor não apurado
  • Roca Sales – R$ 24 milhões
  • Sério – R$ 7,5 milhões
  • Teutônia – R$ 30 milhões
  • Vespasiano Corrêa – R$ 21 milhões
  • Westfália – R$ 9 milhões

Agro Dália

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fale conosco!