DestaquesTurismo

Equipe do Governo do RS apresenta programas de financiamento para negócios em turismo

“O Cristo Protetor não é mais só de Encantado. Ele é nosso, dos gaúchos”

Participe do Canal do Força do Vale no WhatsApp

Na quarta-feira (28), uma reunião organizada pela Prefeitura de Encantado e Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Rio Grande do Sul apresentou oportunidades de crédito a empreendedores do Vale do Taquari. O objetivo era incentivar o turismo e o comércio a partir da nova obra do Cristo Protetor.

O evento também contou com a participação do Superintendente do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Paulo Raffim; do diretor de Operações e Inovação da Badesul, Flávio Lammel; do CEO do RS Garanti, Marcelo de Lima; do presidente da CIC-Vale do Taquari, Ivandro Rosa; além do representante da Amturvales e membro da Associação Amigos do Cristo, Rafael Fontana. 

Potencial turístico do Vale do Taquari 

Edson Brum, secretário do Desenvolvimento do Rio Grande do Sul

“O cristo protetor não é mais só de Encantado. Ele é nosso, dos gaúchos”, disse Edson Brum, secretário do Desenvolvimento Econômico do RS

“O potencial turístico do Vale do Taquari já é de conhecimento de todos, mas o Cristo Protetor de Encantado elevou a região a um outro patamar, de reconhecimento internacional, além de um ponto de destino de viagens”. Assim começou o encontro do Desenvolvimento de Negócios Turísticos. Nele, foi discutido o futuro do turismo, considerando o período como uma oportunidade ímpar para o progresso. 

“Vivenciamos uma oportunidade diferente do que presenciamos no último ciclo, com grandes dificuldades dos nossos empreendedores, principalmente no setor comércio, indústria e serviço. Por isso, vimos nesse novo horizonte um cenário muito propício para retornarem investimentos(…). Vemos que as pessoas estão se reanimando, voltando a investir e empreender”, alegou Ivandro Rosa, presidente da CIC-VT. ”O momento é adequado. Durante esse período de desenvolvimento, nos planejamos para, quando a pandemia estiver controlada, conseguirmos estar em um novo estágio na nossa região, com uma economia mais estruturada e resiliente”, completou.

Ivandro Rosa, presidente da CIC-Vale do Taquari

Além disso, foi abordado a esperança que o Cristo de Encantado apresentou para a região e o resto do mundo no período da crise sanitária. “Tivemos mais de mil notícias em mais de 65 meios de comunicação ao redor do mundo. Isso também foi uma demonstração de que é preciso ter coragem, esperança e, principalmente, que através da união é possível vencermos grandes feitos”, disse Rafael Fontana.

O prefeito Jonas Calvi afirmou que estamos vivendo antecipadamente a “era pós-Cristo”, visto que, mesmo sem estar concluído, já ganhou reconhecimento mundial. 

O prefeito de Encantado, Jonas Calvi, abriu o encontro

Edson Brum, secretário do Desenvolvimento Econômico, se mostrou esperançoso com o futuro da região e as novas propostas de integração do Vale com os vinhedos e a Serra, além da Oktoberfest, em Santa Cruz do Sul. “Quantos turistas recebemos na região por mês? Quantos receberemos a partir do Cristo? O turismo que mais movimenta no mundo não é de belezas naturais, nem de eventos, mas o religioso”.

Adroaldo Conzatti foi lembrado

Representante da Amturvales e membro da Associação Amigos do Cristo, Rafael Fontana

O idealizador do Cristo, Adroaldo Conzatti foi lembrado pelos colegas durante todo o encontro. “Foi um desafio colocado para nós quando Conzatti nos chamou e disse que precisávamos construir o monumento. Mas ele juntou pessoas que acreditavam nessa causa e fez acontecer”, declarou Fontana. “O grande trunfo do líder político é mobilizar a sua comunidade para desafios e ações. Aquilo que ele sonhou, está se concretizando. Nós temos muitas oportunidades pela frente”. 

“Foi ele que idealizou o Cristo Protetor. Eu tenho um registro: o Adroaldo e o engenheiro foram para Porto Alegre receber o artista na minha mesa, e quando rabiscaram o projeto, eu olhei e falei ‘vocês tão louco, isso não sai desse papel de jeito nenhum’. Mas quem conheceu o Adroaldo sabe que ele era um visionário e um insistente”, relembrou Brum.

Agro Dália

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fale conosco!